Pronto Atendimentos das Nações e Municípios em Balneário Camboriú estão com obras dentro do cronograma

    Dois meses após o anúncio de que o Hospital Municipal Ruth Cardoso em Balneário Camboriú (HMRC),  passará a atender a partir de janeiro somente moradores da cidade, as obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) das Nações e o Pronto Atendimento (PA) do Municípios estão dentro do cronograma.

    De acordo com a secretária de Saúde, Andressa Hadad, em setembro foram encaminhados todos os processos licitatórios para a conclusão da obra da UPA das Nações. “A parte da plataforma de acessibilidade teve duas publicações e ambas deram desertas, por isso, pedimos a dispensa de licitação, e deve ocorrer na próxima semana. Ainda neste mês, também deve ocorrer a licitação da reforma geral”, afirma.

    Para que a obra da UPA esteja concluída em tempo, foi emitido um ofício que autoriza a execução da mesma em horário estendido. “Além disso, instalamos sete câmeras de videomonitoramento no local para evitar a ação de vândalos e compartilharemos as imagens com a Guarda Municipal”, explica Andressa.

    Com a abertura das duas unidades, o município passará a ter três portas de atendimento de Urgência e Emergência para a comunidade, a UPA da Barra, a Nações e a dos Municípios, que será lateral ao Hospital Ruth Cardoso.

    O anúncio sobre o novo sistema de atendimento do Ruth Cardoso foi feito em 09 de agosto passado, informando o prazo de 150 dias para que o atendimento passasse a ser referenciado. “Todos os processos estão encaminhados e nós reafirmamos o compromisso com a vida daqueles que procuram o HMRC, e, por isso, vamos desabilitar o hospital da Rede de Urgência e Emergência junto ao Ministério da Saúde. Manteremos o hospital referenciado no município”, observa a secretária. Vale lembrar que o HMRC continuará atendendo a microrregião na maternidade.

    Comente com o Facebook