Centro de Eventos de Balneário Camboriú em funcionamento só no segundo semestre de 2020

TURISMO & NEGÓCIOS  —– Por Carlos Mello 
CENTRO DE EVENTOS DE BC EM FUNCIONAMENTO SÓ NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2020
Na reunião da comitiva de vereadores de Balneário Camboriú em  busca de alinhar as diretrizes e também o planejamento da entrega e funcionamento do Centro de Eventos de Balneário Camboriú, nesta segunda-feira última ( 16) na Santur, com a presidente Flavia Didomenico, ficou delineada uma perspectiva mais clara sobre o funcionamento efetivo do Centro de Eventos de Balneário Camboriú.Segundo a versão oficial da direção da Santur, o cronograma da entrega das obras segue dentro do previsto pelo Governo do Estado e também  pela SCPar, órgão que administra as parcerias público -privadas do executivo estadual . A equipe de trabalho da Santur realiza as adequações necessárias para poder encaminhar ao Tribunal de Contas de Santa Catarina e, a partir daí, preparar o chamamento público para a concessão.
 A expectativa é de que os últimos ajustes de obras nos espaços que envolvem os elevadores, as divisórias e também a climatização do Centro de Eventos, sejam concluídos e entregues no mês de dezembro.Funcionamento – O cronograma da Santur prevê a entrega do equipamento para o chamamento público em dezembro e, em seguida, dar prosseguimento na assinatura de contrato com a nova concessionária.
Para Ramiro Zinder, da SCPar, o Centro de Eventos de Balneário Camboriú deverá estar em pleno funcionamento no segundo semestre de 2020. “A estimativa é ter esse contrato assinado com a futura concessionária a partir de abril. Assim poderemos, com todo o cronograma previsto, colocar o Centro de Eventos em funcionamento no segundo semestre do ano que vem”,  analisou Ramiro Zinder. A fase atual é de obras de acabamento com a instalação do sistema de climatização, elevadores e divisórias.
Centro de Eventos de Balneário Camboriú em funcionamento só no segundo semestre de 2020, SC Hoje News - Notícias de Balneário Camboriú
Centro de Eventos de BC em obras de acabamento. ( Divulgação).
TURISMO REGIONAL: INTEGRAÇÃO E PROFISSIONALISMO É O CAMINHO
 Um case de turismo regional de Portugal que pode servir como modelo para Santa Catarina dadas as semelhanças de conteúdo .  A secretária de turismo regional Lilia Ana Águas, ex-deputada federal e integrante da diretoria da Associação da Rota da Bairrada, região produtora de vinhos de Portugal, defendeu uma ação integradora entre as iniciativas públicas e privadas em favor do turismo regional, em Lages. Ela participou do seminário “As Perspectivas do Turismo 2019/2020 na Serra Catarinense”,  dia 13 último, numa iniciativa da Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Alesc  com apoio das entidades públicas e trade turístico da região .Lilia apresentou o case “As vinhas do progresso: O caminho percorrido pela Rota da Bairrada na consolidação do turismo relacionado com a área vitivinícola”.
 Convidada pelo deputado Ivan Naatz (PV), presidente da Comissão de Turismo e Meio Ambiente, a dirigente portuguesa explicou que desde 2015 a associação da Rota da Bairrada reúne 52 associados que promove ativamente as riquezas turísticas, gastronômicas e vitinícolas da região, com destaque para as belezas do Luso e da Curia, os vinhos e o tradicional leitão assado à moda da Bairrada, propondo cinco roteiros turísticos numa região que abrange os conselhos de Águeda, Aveiro, Cantanhede, Coimbra, Mealhada, Oliveira do Bairro e Vagos.
CONJUNTO DA OFERTA  – Ela destacou que a Rota da Bairrada também está localizada numa região entre a serra e o mar, como a região serrana de Santa Catarina, e que possui atrações históricas e culturais contemplando uma grande diversidade de opções turísticas como vinhedos, serra, mar e núcleos rurais em oito municípios da região central de Portugal. “Nós temos tudo de bom que Deus fez e temos que saber aproveitar com profissionalismo e atrair os turistas para consumirem nossos produtos”, observou ela, recomendando ainda  que o importante é saber trabalhar e vender bem ” o conjunto da oferta turística que uma região pode oferecer.
Centro de Eventos de Balneário Camboriú em funcionamento só no segundo semestre de 2020, SC Hoje News - Notícias de Balneário Camboriú
Portuguesa Lilia Ana Águas : importância de vender de forma integrada a oferta turística regional . ( Rafael do Prado- Divulgação ).
SC: 13 REGIÕES TURÍSTICAS OFICIAIS 
Com a criação do Vale dos Imigrantes, no Meio-Oeste catarinense, Santa Catarina passa contar agora com 13 regiões turísticas reconhecidas pelo Ministério do Turismo (MTur). A novidade foi oficializada com a publicação do Mapa do Turismo Brasileiro 2019, no final de agosto , que também formaliza o cadastro de 177 municípios catarinenses no MTur.Criado a partir do desmembramento da antiga região Vale do Contestado, o Vale dos Imigrantes reúne 25 municípios do Meio Oeste de SC. A nova região Caminhos do Contestado reúne quatro municípios que têm sua história ligada à Guerra do Contestado: Itaiópolis, Mafra, Major Vieira e Porto União.
Para integrar o Mapa, os 177 municípios tiveram que atender alguns critérios e compromissos, entre eles a participação em instância de governança regional (IGR), possuir Conselho Municipal de Turismo funcionando e um órgão de turismo em atividade. Além disso, o novo mapa adotou outros critérios obrigatórios para a participação na plataforma: possuir orçamento próprio destinado ao turismo e, no mínimo, um prestador de serviços turísticos registrado no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur).* Por Carlos Mello – Setembro 2019.