Reunião debate sobre campanha de conscientização de vagas prioritárias em Balneário Camboriú

0
32

Com o objetivo debater sobre as vagas de estacionamento prioritárias em Balneário Camboriú, o Conselho Municipal do Idoso (CMIBC), solicitou uma reunião com representantes da Secretaria de Segurança, do Fundo Municipal de Trânsito (FUMTRAN), e da Secretaria da Pessoa Idosa (SPI). Na pauta do encontro, a campanha de conscientização referente as vagas dos idosos e portadores de necessidades especiais, e melhorias na fiscalização. A reunião ocorreu na tarde desta terça-feira (03).

Entre as demandas solicitadas pelo CMIBC ao FUMTRAN, encontram-se a instalação de placas de orientação a fim de conscientizar quem estacione nas vagas prioritárias, e o projeto Multa Moral – bloco com dez “multas morais” para que eles notifiquem moralmente os motoristas infratores, sempre que observarem situações de estacionamento irregular.

Agora, o Fundo Municipal de Trânsito fará um levantamento em tempo real referente ao estacionamento rotativo, e as respectivas necessidades a serem implementadas no trânsito. De acordo com o secretário do FUMTRAN, Fernando Marchiori, será feita uma análise de quais locais demandam as vagas, e se há necessidade de novas vagas. “Com o monitoramento será possível averiguar em quais pontos as vagas são mais utilizadas, e em quais locais devem ser implementadas. O monitoramento do estacionamento rotativo será em tempo real através de um aplicativo, e o levantamento será enviado para o Conselho do Idoso estar a par da situação”, explica.

Campanha de conscientização

Referente a campanha de conscientização, segundo o secretário da Pessoa Idosa, Rosan da Rocha, ainda falta respeito por parte da comunidade sobre o uso das vagas prioritárias. “Também pedimos que a utilização das vagas seja fiscalizada mais rigorosamente, e que sejam bem sinalizadas”, explica. “Também será ensinado aos idosos a utilizar o parquímetro e os tags que serão vendidos”, complementa.

A presidente do Conselho do Idoso, Márcia Cristina Lázaro, busca uma parceria entre a SPI, a Secretaria de Segurança e o Conselho, para a conscientização da utilização correta das vagas tanto para idosos, quanto portadores de necessidades especiais. “Esperamos que com a campanha, a comunidade respeite o direito das vagas prioritárias,” avalia. “Agora, precisamos viabilizar financeiramente a instalação das placas e os blocos de Multa Moral,” finaliza.

Vale lembrar que ao verificar um carro estacionado em local indevido, é possível acionar os Agentes de Trânsito pelo número 153.

Comente com o Facebook