Na Alesc deputados voltam a cobrar diálogo do governador

0
39

Deputados voltaram a cobrar do governador diálogo com o setor produtivo e com autoridades políticas durante a sessão de terça-feira (20) da Assembleia Legislativa.

“O que estamos vendo é um distanciamento desse que diz ser a nova política, um governador que não dialoga com os poderes, não dialoga com os deputados, mas está surfando nos hospitais pela decisão dos deputados que a princípio ele não concordou. Se fosse consultar e conversar com os setores que pedem audiência e não foram recebidos, não teria tomado essa decisão”, afirmou Milton Hobus (PSD), referindo-se ao fim dos subsídios aos insumos agrícolas.

“Não quero que o senhor me convide para jantar, quero que o senhor vá a Blumenau continuar o Hospital da Vila Itoupava, terminar a SC-108, a Jorge Lacerda, o balizamento do aeroporto Quero-Quero, Centro de Convenções e o Mercado Público. Telefona, vamos conversar, a nossa região merece respeito, estamos largados”, reclamou Ivan Naatz (PV).

Ricardo Alba (PSL) defendeu o governador e lembrou que o Chefe do Executivo visitou o município de Blumenau e recebeu o prefeito em Florianópolis.

“Foi um dos primeiros prefeitos a falar com o governador dia 22 de janeiro e em 13 de março o governador foi a Blumenau”, registrou Alba.

EEB Mário Garcia
Ismael dos santos (PSD) noticiou pedido de informação que fez à Secretaria de Estado de Educação (SED) acerca da existência de projeto de recuperação da biblioteca da escola EEB Mário Garcia, de Camboriú, destruída por um incêndio criminoso.

Ana Campagnolo (PSL), em aparte, informou que há projeto para restauração, que a licitação já foi realizada, mas admitiu a demora na execução.

Álcool e direção
Ismael lamentou o destaque negativo dos municípios de Blumenau, Brusque, Lages e Florianópolis quando o assunto é álcool e direção.

“Por que o número de pessoas bebendo e dirigindo aumentou? E por que os alertas não surtem o efeito desejado?”, questionou o deputado, acrescentando que falta ao cidadão “conscientização do perigo que cria para si e para terceiros”.

Debate ideológico
Ana Campagnolo classificou de ideológico o debate sobre o uso de agrotóxicos e afirmou que o país preserva quase a metade do seu território, somadas as áreas atribuídas (reservas indígenas e naturais, áreas para reforma agrária, etc) e as áreas preservadas (áreas de preservação permanente –APPs).

“Na ONU não estão preocupados com os nossos índios, mas com as nossas terras”, alertou a deputada.

Brusque campeão
Ricardo Alba parabenizou o Brusque Futebol Clube pela conquista do Campeonato Brasileiro da Série D.

“O Vale do Itajaí se sente representado pela vitória do Brusque”, declarou.

Saidinha temporária
Ricardo Alba classificou de absurda a chamada saidinha temporária, que possibilita a presos com bom comportamento saírem da cadeia em datas festivas.

“Um verdadeiro absurdo, uma excrecência jurídica da lei de Execução Penal de 1984. A filha que mata o pai e a mãe, sai no dia das mães; o pai que mata a filha, sai no dia dos pais, uma ofensa ao cidadão. Em Blumenau saíram 177 presos, nove resolveram não voltar”, revelou o parlamentar.

Fernando Krelling (MDB) concordou com o colega e ressaltou o alto índice de reincidência.

“Cerca de 70% estão voltando após serem liberados. Comete crime e volta ao sistema. De que forma vamos diminuir a reincidência?”, perguntou Krelling.

Operação Mãos Dadas
Ivan Naatz elogiou a Polícia Militar, em especial os integrantes do 10º Batalhão da PMSC, de Blumenau, pela execução da operação Mãos Dadas.

“Fui no morro da Dona Edith, um trabalho extraordinário, onde a PM está, a bandidagem foge. Tem em Florianópolis e em outras cidades de Santa Catarina. Visitei o posto avançado e fiquei muito feliz de ver a PM fazendo o seu papel”.

Parto humanizado
Neodi Saretta (PT) convidou os colegas e os catarinenses a participarem do 5º Congresso Nacional do Parto Humanizado, que acontecerá dias 22 a 23 de agosto, na Assembleia Legislativa.

“Uma proposição de minha autoria, como presidente da Comissão de Saúde e em parceria com a Escola do Legislativo”, explicou.

Concórdia Atlético Clube
Saretta parabenizou o Concórdia Atlético Clube pela conquista de vaga na Série A do Campeonato Catarinense de 2020.

“Venceu o Almirante Barroso, de Itajaí, e mais uma vez teremos um time de Concórdia na série A do Catarinense”.

Dois pedidos
Saretta pediu a atenção do Executivo para rodovia que liga Ipumirim a Vargeão e a que liga Matos Costa à BR-153. A primeira tem projeto de pavimentação elaborado, enquanto a segunda necessita de manutenção urgente, abertura de valas e cascalhamento.

Aldo Schneider
Jerry Comper (MDB) lembrou na tribuna passagem de um ano do falecimento do deputado Aldo Schneider (MDB), ex-presidente da Casa, que morreu dia 19 de agosto de 2018.

“Faz um ano que perdemos um grande amigo, ex-presidente desta Casa, o deputado Aldo Schneider. A minha eterna gratidão a este homem público, tenho muito orgulho de dizer que fiz parte da vida dele. Obrigado por tudo o que fizeste”, discursou Jerry.

“Desconheço parlamentar que fosse tão andador quanto o Aldo, ele andava por todos os municípios, é uma falta que dói no coração de todos”, afirmou Romildo Titon (MDB).

“Lutou pela vida até o último dos seus dias, fez visita à prefeitura com respirador e aparelho para se fazer entender”, contou Paulinha (PDT).

“Nós o conhecemos bem, sabemos o quão trabalhador ele era”, corroborou Milton Hobus.

Moacir Sopelsa (MDB) e Felipe Estevão (PSL) também destacaram a passagem de Aldo Schneider pela política regional e estadual, com destaque para o período que exerceu o mandado de deputado estadual.

Pedido de socorro
Bruno Souza (sem partido) noticiou que os servidores que atuam no Case de São José estão pedindo socorro, pois estariam sendo perseguidos pela juíza titular da Comarca local.

“A Comarca vem interferindo no trabalho dos agentes, é função do judiciário acompanhar, mas não a perseguição ideológica de uma juíza adepta de uma política de que bandido é bom solto”, reclamou Souza.

O representante de Florianópolis classificou a magistrada de “moralista de gabinete” por conceder indultos e acusou-a de obrigar os agentes a conduzirem os jovens até suas residências.

“Uber de delinquente”, ironizou Souza.

Comente com o Facebook

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here